R$299,00

3x de R$99,67 sem juros
Ver meios de pagamento
Descrição

O CorePAD(Equipamento™ Abdominal Progressivo) é uma excelente ferramenta de exercício para o profissional de exercícios que entende o valor da MicroProgressão®. Ele permite que se progrida de posições iniciais de extensão para os abdominais antes de introduzir desafios mais complicados, como a introdução do suporte instável de uma bola. O CorePAD pode ser usado para uma variedade de outros exercícios também.

Momento da Verdade: Este equipamento não é mágico. Assim como qualquer outro equipamento de exercício, o CorePAD não reduzirá a gordura da barriga.

RECOMENDADO PARA COMPRA APENAS POR PROFISSIONAIS QUALIFICADOS

O CorePAD foi projetado para uso apenas por profissionais que participaram dos cursos do RTS, quer dizer, por um Profissional de Exercício qualificado que demonstrou competência no entendimento da Mecânica do Exercício, avaliação estrutural, influências neuromusculares sobre estrutura, mecânica da coluna e patologias da coluna, e o processo de pensamento associado à implementação dos princípios do RTS® de MicroProgressão®, Variação Estratégica® dentro do Contínuum Funcional®, conforme determinado pela Oportunidade NeuroMusculoEsquelética de cada indivíduo.

O "P" em P.A.D. indica Progressão... que deve acontecer uma vez que a tolerância e o controle são estabelecidos. Cada nível é numerado para progressão da posição inicial para uso durante os exercícios de flexão da coluna, portanto, inicialmente deve ser usado o nível mais baixo da almofada. Para outros exercícios níveis mais altos podem ser usados inicialmente.

Algumas considerações específicas para utilização do P.A.D:

Para Reabilitação:

  • O uso do CorePAD® para reabilitação só deve acontecer após o paciente demonstrar competência com treinamento básico de estabilização segmental e exercícios que utilizam movimentos básicos.  
  • Lembre, mesmo o primeiro nível (1) pode ser extremamente avançado para alguns pacientes durante a reabilitação da coluna, o seu conhecimento sobre o estado atual da função do paciente e o estímulo que o P.A.D. oferece vai determinar qual o nível que deve ser utilizado.  

 

Abdominais:

  • O indivíduo deve demonstrar total competência em uma superfície plana, como o chão antes da introdução de qualquer grau de "maior extensão inicial".
  • NÃO comece acima do nível 2 para indivíduos sudáveis e nível 1 para aqueles que estão em processo de reabilitação da coluna.
  • NÃO progrida mais de um nível do P.A.D. de cada vez e somente quando o controle total sobre o trajéto do movimento, a amplitude do moviento e a inércia tiverem sido alcançado.

Diagonais:

  • A utilização do CorePAD™ nos exercícios que envolvem a rotação da coluna conbinada com a extensão (com a pelve/pernas rodadas para a esquerda ou para a direita) deve ser oferecida pelos Profissionais de Exercício com uma compreensão da mecânica de movimento conjugado tipo III em que a introdução da extensão limita o movimento das facetas na rotação e vice-versa.
  • Portanto, este exercício deve ser introduzido depois que o indivíduo progrediu em posições de extensão nos abdominais tradicionais e, em seguida, pode-se adicionar as diagonais com um nível mais baixo do P.A.D. (Por exemplo, quando os abdominais tradicioais alcançarem o nível 4, as diagonais podem ser realizadas no nível 2.)

Flexão Lateral:

  • Comece com níveis suficientes de P.A.D. que posicionem a coluna inicialmente no neutro ou em uma flexão lateral para o lado oposto, oferecendo assim amplitude de movimento que poderá ser desafiada contra a resistência.

Extensão:

  • Se posicione em decúbito ventral sobre o P.A.D. e comece em uma aplitude confortável de flexão da coluna (ou redução da extensão ).
  • O tamanho do abdomem de cada indivíduo desempenhará um papel muito importante na sua escolha de nível inicial baseado na amplitude disponível da coluna.  
  • A maioria dos indivíduos será capaz de começar confortavelmente no nível 6. Na verdade, começar plano ou nos níveis mais baixos pode ser desconfortável devido à propensão a criar um extremo de extensão.

As 4 regras de controle do exercício:

  1. Não podemos considerar uma repetição ou uma série se não existir controle.
  2. O Controle na primeira repetição deve ser igual ao da última.
  3. Pare a série quando as articulações paradas se movem ou quando as que se movem perdem o controle sobre o trajeto do movimento.
  4. Você deve ser capaz de parar imediatamente em qualquer ponto da amplitude de movimento.